Buscar
  • JRurnas

Como montar sua funerária


As funerárias são comércios que ninguém tem interesse em usar, mas é algo inevitável em nossas vidas. Para empreender no ramo funerário é preciso ter em mente que lidar com os mortos não é tarefa fácil e necessita de um trabalho especializado e meticuloso.

Muitas funerárias atuais são negócios de família, que em diversas vezes moram no mesmo imóvel do estabelecimento e convivem muito bem com essa situação. Atualmente empreendedores de funerárias estão sempre buscando formas de agregar valor ao negócio, já que o setor está passando por diversas modificações referentes às suas normas e questões de valores e preços tabelados.

Em épocas passadas, as funerárias costumavam realizar o procedimento completo e cuidavam desde o contato com a família e a preparação do corpo até a entrega no cemitério. Questões burocráticas também ficavam por conta do estabelecimento. Hoje em dia, embora ainda existam funerárias que oferecem os procedimentos completos, o serviço ficou dividido entre três estabelecimentos relacionados. São eles:

  1. Funerária: responsável pelo fornecimento da urna funerária e pelo translado do corpo.

  2. Clínicas médicas especializadas: são responsáveis por todo o tratamento do corpo, incluindo a maquiagem, vestimenta e colocação das flores.

  3. Administração do cemitério: faz a venda da cova, providencia o lugar para o velório e é responsável por toda a parte do enterro.

A principal responsabilidade de uma instituição funerária é a venda e o translado das urnas fúnebres, ou como são mais conhecidas, urnas funerárias. no entanto o empreendedor pode oferecer outras formas de serviço para agregar valor ao negócio, como, por exemplo, apresentar ornamentações diferenciadas, dentre várias outras coisas.

33 visualizações0 comentário
whatsapp.png